Home / Documentos / Energia para o Mercosul

Energia para o Mercosul

O objetivo da constituição do Mercado Comum do Sul – Mercosul vai além da redução de barreiras para o aquecimento da dinâmica da economia entre os países participantes. Na verdade, trata-se de um movimento visando à integração de povos que buscam o incremento de seu desenvolvimento por meio da cooperação e do crescimento conjunto e sustentável da região.

A opção feita por esses países para a criação do Mercosul deve, portanto, ensejar o compartilhamento de sua cultura, costumes, valores e objetivos, investindo na harmonia do convívio dos povos e na construção de uma política de desenvolvimento econômico e social capaz de promover a melhoria da qualidade de vida de suas populações.

O investimento em ciência e tecnologia é um dos pilares centrais para a promoção do desenvolvimento. Uma política efetiva de desenvolvimento científico e tecnológico impulsiona o crescimento econômico, possibilita o desenvolvimento e a inclusão social e insere o país no cenário internacional com equilíbrio, igualdade e capacidade de competir nos mercados.

Nesse contexto, o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia tem o objetivo de fomentar a cooperação técnico-científica entre os países participantes por intermédio do reconhecimento do trabalho de jovens pesquisadores e equipes de pesquisa que representem contribuição direta ao desenvolvimento científico e tecnológico da região. Deseja-se dar a oportunidade para que pesquisadores e instituições de ensino e pesquisa dos diversos países possam mostrar o seu trabalho e oferecer subsídios para o desenvolvimento da região.

A edição 2004 do Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia foi direcionada ao tema energia. Este é um fator fundamental de infraestrutura necessário para viabilizar o desenvolvimento da região.

A matriz energética utilizada pelos países tem influência direta no modelo de desenvolvimento, visando a convergência econômica para a formação de um mercado regional forte e solidamente constituído.

O Prêmio serve como estímulo para o desenvolvimento de pesquisas de interesse dos países do Mercosul, propicia oportunidades de cooperação técnico-científica entre instituições de ensino e pesquisa e direciona a inteligência instalada e os trabalhos para problemas e necessidades específicas vividas pelos integrantes do bloco.

A realização da edição 2004 deste Prêmio pela RECyT e UNESCO, com decisivo suporte do Ministério de Ciência e Tecnologia do Brasil, mostra a importância do tema para os países do Mercosul. A presença de um número expressivo de trabalhos de elevado nível técnico-científico evidencia a capacidade de pesquisa instalada nos países com imenso potencial de utilização para o desenvolvimento econômico e social.

Essa é a principal evidência do sucesso da iniciativa de outorga do Prêmio.

Esperamos que o espírito de cooperação seja a base deste trabalho e que o esforço conjunto empreendido pelas instituições participantes e pelos pesquisadores seja insumo para uma política que propicie a integração e desenvolvimento para a região.

Baixe o documento completo aqui 

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *